sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Chapter Eight – Weird Heart + Divulgação

   Joe acabara de acordar. Ao se mexer percebeu que estava sozinho na cama. Estranhou por um momento, pois pensava que Demi iria dormir até tarde, mas ignorou o pensamento.
   Levantou-se e foi tomar uma banho para acordar completamente. Saiu com a toalha enrolada na cintura e foi em direção ao guarda-roupa pegar o que vestir. Mas ao abrir, levou um susto. Nenhuma roupa de Demi estava ali, somente uma camiseta caída no fundo do armário.
     Mais uma vez ele estranhou. Por que as roupas dela não estavam ali? Perguntou a si mesmo.
     Vestiu-se rapidamente e foi para o andar de baixo na esperança que Demi estivesse lá com os outros, tomando café da manhã. Mas ao chegar à cozinha, ela não estava lá. Todos estavam, menos ela.
Joe: Alguém viu a Demi?
Denise: Ela não está dormindo?
Joe: Não. Eu acordei e ela não estava lá. E quando fui pegar uma roupa no armário para vestir, não havia nenhuma dela lá.
Dani: Que estranho.
Delta: Será que ela não foi embora?
Kevin: A Demi nunca sai sem avisar. Nem que ela fosse ir só no lado de fora da casa, ela avisaria.
Paul: Talvez ela tenha esquecido...
Joe: Será?
Nick: Eu acho que ela foi embora sem avisar propositalmente. Talvez tenha acontecido algo e ela quis ir.
Joe: Bem... Nós brigamos ontem, mas eu pedi desculpas a ela.
Denise: E ela aceitou?
Joe: Acho que sim. Não sei direito. Ela não colocou em palavras.
Dani: Acho melhor ligarmos pra ela.
Joe: Okay. Vou ligar agora mesmo.
Nick: Não. Deixa que eu ligo.
     Nick pegou o celular e discou o número de Demi. Chamava, chamava, mas ninguém atendia. Tentou mais uma vez, nada também. Tentou uma terceira, na esperança de dar certo, mas também foi uma tentativa falha.
Nick: Chama, mas ela não atende.
Denise: Será que aconteceu alguma coisa? _ apreensiva _
Paul: Acho que não. Talvez ela só não queira falar com ninguém. Dêem espaço a ela. Provavelmente ela precisa disto. Relaxem um pouco. Se ficar tarde e não tivermos notícias, tentamos de novo.
     Todos concordaram e voltaram para o que estavam fazendo. Joe voltou para o quarto ainda apreensivo. Não acreditara que Demi havia ido embora. Ainda mais por sua culpa.
     Ele então pegou a camiseta que ela havia deixado e deitou na cama abraçado a ela. Começou a cheirar a camiseta na tentativa de sentir a presença de Demi ali. A camiseta carregava o cheiro dela. O maravilhoso cheiro que Joe tanto adorava.
     Horas se passaram. Nenhuma noticia de Demi. Joe já estava muito preocupado. Conhecia Demi o suficiente para saber que ela não sumiria sem nenhum motivo.
     Mais uma vez tentou ligar para o celular dela. Chamou várias vezes, mas ninguém atendeu. Isso o deixava mais preocupado ainda.
     Joe tentou esquecer um pouco a preocupação e relembrar momentos felizes que tivera com Demi. O primeira que veio a sua cabeça foi do dia que deram seu primeiro beijo longe das câmeras.
Flashback on
     Joe e Demi encontravam- se em Laguna Beach. As gravações de Camp Rock 2 haviam acabado e decidiram ir se divertir um pouco.
     Neste momento estavam em cima de uma grande pedra. Joe tivera a brilhante ideia de pularem da pedra, mas Demi estava meio receosa.
Demi: Joe, não sei se isso vai dar certo.
Joe: Claro que vai Demi. É como pular em uma piscina, mas com areia no lugar da água.
Demi: Acho que não vou, não. _ deu um passo para trás _
Joe: Vamos Demi, não precisa ter medo. Eu estou aqui com você. Se ajudar, eu seguro sua mão.
Demi: Ai, ta bom. Mas se eu quebrar alguma coisa, vou acabar com você.
Joe: Okay... Vem.
     Os dois foram para a ponta da pedra. Posicionaram-se e começaram a contar. 1... 2... 3... Já. Pularam, mas quando caíram, acidentalmente Demi caiu em cima de Joe, ficando cara a cara com ele.
Demi: Eu disse que não seria uma boa ideia. _ riram _
Joe: Pelo menos foi divertido.
Demi: Sim, foi divertido.
     Então reinou o silencio. Um olhava nos olhos do outro. Sem perder contato visual, foram se aproximando. Parecia que havia um imã que os puxava um para o outro. Quando seus lábios estavam a milímetros de distância, Joe finalmente acabou com o espaço que havia entre eles tomando os lábios dela.
     Seus lábios encaixavam-se perfeitamente. Suas línguas dançavam em harmonia. Estava tudo simplesmente perfeito.
     Ele colocara as mãos na cintura dela e ela colocara na nuca dele. Estavam mais próximos a cada segundo. Mas uma hora teriam que se separar,e essa hora chegou.
     Separaram-se ofegantes. Voltaram a olhar um nos olhos do outro. Mas não sabiam o que fazer. Levantaram-se e foram cada um para sua casa, sem saber como reagir a esse acontecimento.
Flashback off
     Joe sorriu com essa lembrança. Esse beijo foi uma dos motivos que o fez descobrir que amava ela.
     Ele continuou lembrando-se dos momentos bons, até que sente uma dor em seu coração. Uma enorme dor. Estranhou, nunca havia sentido isso. Mas a cada segundo que se passava a dor se intensificava mais e mais.
     Tentou ignorar essa dor com mais uma lembrança. Cheirou mais uma vez a camiseta de Demi e veio a sua cabeça o dia em que terminou com ela.
Flashback on
     Joe realmente não queria fazer isso, mas precisava. Se não fizesse, poderia acontecer de um jeito pior, futuramente.
     Apertou a campainha da casa de Demi. Sabia que ele estaria sozinha hoje e esse seria o melhor momento.
Demi: Oi amor, entra. _ puxou o namorado para dentro da casa e o beijou _
Joe: Demi, precisamos conversar.
Demi: Pode falar! _ sorriu _
Joe: É melhor terminarmos.
Demi: O que? _ seu sorriso se desfez _ Por que, Joe?
Joe: Quando amigos namoram eles sempre acabam terminando de uma forma horrível. Não quero que aconteça com a gente. Então é melhor terminar agora e evitar sofrer no futuro.
Demi: E por isso temos que sofrer agora? _ com os olhos lacrimejados _
Joe: Vai ser melhor assim, pequena. _ a abraçou, mas ela logo saiu do abraço _
Demi: Vá embora. _ disse calmamente _
Joe: Demi...
Demi: Joe, vá embora agora!
Joe: Não precisa fazer isso Demi. Vamos continuar sendo amigos.
Demi: Não quero ficar perto de você. Saia da minha casa!
Joe: Dems...
Demi: Para de me chamar assim! Vá embora de uma vez! _ gritou _
Joe: _ com os olhos lacrimejados _ Tudo bem... Eu te amo.
     Falou e saiu da casa, deixando Demi sozinha, chorando. Amava muito Joe, não queria terminar com ele. Mas, às vezes, precisamos sofrer para encontrar o caminho certo.
Flashback off
     Ao lembrar disso, ficou triste. E seu coração doeu mais uma vez. Tentou ignorar, mas ela estava cada vez mais forte.
     Passou-se alguns minutos e Nick gritou da sala, pedindo para Joe descer rapidamente. Então ele foi. Na sala estavam todos com uma cara de preocupados.
Joe: O que aconteceu?
Nick: Sabemos onde Demi está.
Joe: Jura? _ sorriu _ Onde?
Denise: _ deixou algumas lágrimas caírem _ No hospital.
Joe: Hospital?
Kevin: Sim. Disseram que ela sofreu um acidente de transito. E parece que foi grave.
     Agora entendia a dor que estava sentindo. Não conseguiu controlar e deixou algumas lágrimas caírem. Tudo desabou a sua volta. Isso não poderia estar acontecendo. E se fosse somente uma brincadeira?

Divulgação:

truelovefanfics.blogspot.com

3 comentários:

  1. Divulga o meu blog por favor?
    http://jemi-tryagain.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. OMG ACIDENTE ?? COM A DEMS ? OMG OMG O_O POSTA LOGO TO MORRENDO DE CURIOSIDADE

    ResponderExcluir
  3. NÃO SEI OQUE DIZER , MAIS ESTA PERFEITO SIMPLISMENTE PERFEITO , POSTA LOGO AMOR ♥
    VOCÊ ESCREVE MUITO BEEEIN VIU !*
    BEIJEMI AND STAY STRONG ;♥*

    ResponderExcluir