domingo, 1 de abril de 2012

Capítulo 24 - Dedicado a Faanyh pelo seu aniversário semana passada.

Doutor: Ele ingeriu uma grande quantidade de nozes. Teremos que fazer uma cirurgia para limpar todo o estomago dele, antes que a alergia tenha os piores sintomas. Mas como ele ainda é muito pequeno, a cirurgia pode ser de risco e ele pode não agüentar fazê-la. Então teria 50% de chances dele não agüentar e chegar a falecer.
Demi: O QUE? _ comecei a chorar _
Doutor: A decisão de fazer ou não fazer a cirurgia cabe a vocês.
Joe: Demi, acho melhor ele fazer.
Demi: Mas e se ele não agüentar Joe?
Joe: Se ele não fizer ai não terá mais chances. Ele precisa fazer essa cirurgia, para poder ter chances.
Demi: Tudo bem. Pode fazer doutor. _ tentando segurar o choro _
Doutor: Vou fazer os preparativos. _ se retirou _
   #Joe on
   Assim que o doutor saiu Demi sentou-se no sofá da sala de espera e voltou a chorar. Sentei-me ao se lado e a abracei. Tentei segurar o choro, mas algumas lágrimas insistiram em sair.
Joe: Calma Demi, tudo vai ficar bem. O doutor vai fazer a cirurgia e Damon irá melhorar.
Demi: Tomara Joe, eu não suportaria perder meu filho.
Joe: Shiii... Não pense nisso.
Ashley: O que ta acontecendo?
   Nesse momento lembrei que Ashley estava junto. Talvez eu tenha esquecido da presença dela por estar preocupado com outra coisa e por ela demorar a vir, mas isso não vem ao caso.
Joe: Não é nada.
Ashley: Como nada?
Joe: Já volto Demi. _ falei e me levantei _ Ashley, vem aqui. _ a levei para um lugar mais distante de Demi _ Meu filho está muito mal, a Demi ta sofrendo e eu também. Por favor, não me venha com seus ciúmes agora. Isso aqui é sério.
Ashley: Mas eu não tenho nada haver com isso. Não preciso estar aqui.
Joe: Então vá para o hotel!
Ashley: Esqueceu que eu vim com você!
Joe: Ta, eu te levo lá e volto pra cá.
Ashley: Hey, você tem que ficar comigo também, eu sou sua namorada!
Joe: E Damon é meu filho. Não vou deixar meu filho por sua causa!
Ashley: Argh! Vamos logo. Me tire daqui!
   Avisei Demi e então fui levar Ashley ao hotel dela. Não falei nenhuma palavra no caminho. Ashley parecia que não se importava com o que acontecia com Damon. Não sei como posso namorar ela. Eu deveria estar louco quando pedi. Eu não a amo, não tem como construir uma relação com ela.
   Então está decidido. Quando Damon melhorar vou terminar com Ashley. Nunca devia ter começado esse namoro, então vou logo terminar.
   Voltei logo para o hospital e Demi estava do mesmo jeito. Sentei-me a seu lado e a abracei novamente. Desta vez ela também me abraçou, abraçou fortemente, como se não fosse mais largar.
Joe: Demi... Está ficando tarde, acho melhor eu te levar pra casa.
Demi: Eu não vou sem o meu filho.
Joe: Você vai precisar dormir Demi.
Demi: Eu durmo aqui.
Joe: Ok. Eu vou ficar aqui com você.
Demi: Pode ir pra sua casa.
Joe: Não. Não vou te deixar sozinha, nunca faria isso.
Demi: Obrigada. _ deu um sorriso fraco _
   Enquanto faziam a cirurgia em Damon, Demi e eu não saímos nem um estante da sala de espera.
   Depois de algumas horas, vimos o doutor vindo em nossa direção e logo levantamos indo até ele.
Demi: Então doutor, como foi?
Doutor: _ olhou para nós dois _ Foi um sucesso! _ sorriu _
Demi: Ai! _ suspirou aliviada _ Muito obrigada doutor!
Joe: Quando ele poderá ter alta?
Doutor: É sobre isso que eu vim falar. Mesmo a cirurgia ter sido bem sucedida, ele vai ter que ficar mais uns dias em observação, e também porque o ocorrido o deixou muito fraco. Em mais ou menos cinco dias ele poderá sair.
Joe: Ok. Poderemos ficar com ele essa noite?
Doutor: Sim, claro. O quarto dele é o 165. Quando chegarem ele vai estar dormindo por causa da anestesia, mas pode acordar logo.
Demi: Ok. Muito obrigado.
   Nos despedimos e então fomos até o quarto. Quando entramos vimos Damon deitado na cama dormindo feito um anjinho.
   Demi foi em direção da cama e se apoiou nela, logo em seguida segurou a mão de Damon.
Demi: Logo, logo você sai daqui bebê e então vamos pra casa. _ sussurrou para ele e eu fui em direção a cama também _
Joe: Assim que Damon melhorar você voltará para Nova York?
Demi: Sim, é melhor.
Joe: Hum... Ai meu Deus!
Demi: O que foi?
Joe: Esqueci de avisar meus pais!
Demi: É mesmo, fiquei pensando em tanta coisa que esqueci!
Joe: Vou ligar pra eles.
   Fui até o corredor e liguei para meus pais. Eles ficaram super desesperados, mas quando falei que tudo deu certo eles ficaram mais aliviados.
   Voltei para o quarto e Demi continuava na mesma posição.
Joe: Eu sei que você disse que queria ficar, mas acho melhor você ir para casa. Já está bem tarde e está frio.
Demi: Joe, eu não vou sair daqui. Não importa o que você disser.
Joe: Ok, ok. Vamos na lanchonete comer alguma coisa pelo menos.
Demi: _ suspira _ Ta bom.
   Fomos caminhando pelo hospital até chegar na lanchonete. Nos sentamos e fizemos o pedido. Ele logo chegou e começamos a comer.
Joe: Demi, você gostaria de ter mais um filho?
Demi: Sim, com certeza.
Joe: Pretende ter?
Demi: Não sei. Por que a pergunta?
Joe: Por nada não.
Demi: Mas e você? Gostaria de ter?
Joe: Sim. Eu adoraria.
Demi: Então fale pra Ashley.
Joe: Acho que ela não é o tipo de mulher que quer ser mãe.
Demi: Sinceramente, eu também acho que ela não quer. Parece que ela não gosta muito de crianças.
Joe: É...
Demi: Acho melhor voltarmos para o quarto.
Joe: Também acho. Vou pagar a conta, pode indo para lá se quiser.
Demi: Não, eu te espero.
   Paguei a conta e voltamos para o quarto. Estava tudo igual, menos melo fato de que Damon havia acordado.
Demi/Joe: Filho!
Damon: Mamãe, papai, o que eu to fazendo aqui?
Demi: Você teve quer fazer uma cirurgia, mas agora ta melhor.
Damon: Eu quero ir pra casa.
Joe: Infelizmente você vai ter que ficar mais cinco dias aqui no hospital, mas vai passar rápido. Não se preocupe.
Damon: Eu não quero ficar aqui!
Demi: Mas é preciso filho. Cinco dias passaram rápido.
Damon: Papai, posso te contar uma coisa?
Joe: Pode filho, claro!
Damon: Eu não gosto da Ashley.
Joe: _ suspira _ Eu sei pequeno, eu sei.
Damon: Você não fica brabo por eu não gostar dela?
Joe: Claro que não pequeno! Vou te contar uma coisa também!
   Fui até seu ouvido e sussurrei para ele que iria terminar com Ashley.
Damon: Jura? _ assenti _ Que legal! Posso contar pra mamãe?
Joe: Não!
Demi: Por que não pode me contar?
Joe: Porque quero que você saiba depois.
Demi: Injustiça!
Damon: Não se preocupa mamãe! Você vai gostar!
Demi: Tomara mesmo!
   Passamos mais um tempo conversando até que veio a hora de dormir. Só havia um sofá no quarto. Como íamos deixar Damon sozinho na cama teríamos que ver como dormiríamos.
   No final decidimos dormir os dois no sofá. Não sei se ela gostou da decisão, mas eu adorei. Como já disse várias vezes, eu amo dormir bem juntinho dela. Para melhorar o sofá era um tanto estreito, então ficamos bem mais próximos, sentindo o calor do corpo um do outro.
   #Demi on
   Um sofá para duas pessoas. Essa era a situação.
   Por mais que eu deva achar isso errado, pelo fato de ele ter namorada e estar dormindo num sofá abraçado com outra, eu só conseguia adorar a situação. Dormir com ele é um sonho.
   Eu ainda lembro de quando éramos casados dormíamos assim. Cada noite era maravilhosa nos braços de Joe.
   Agora não era diferente. Eu estava deitada de costas para ele e ele me abraçava pela cintura.
   Estava um pouco frio, e na minha situação era uma pouco pior porque eu estava de saia. Eu comecei a tremer um pouco e Joe pareceu perceber.
Joe: Ta tudo bem?
Demi: Ta, eu só estou com um pouco de frio nas pernas.
   Depois que falei, Joe entrelaçou as pernas dele com as minhas, na tentativa de aquecer um pouco.
Joe: Assim ajuda um pouco?
Demi: Sim. Obrigada.
Joe: De nada.
   Então ele voltou a fechar os olhos e dormir. Eu fechei os olhos também e logo cai no sono.

Continua...

    Hey gente! Sentiram minha falta? Não, néh...
   Foi mal por ter demorado a postar, eu estava sem criatividade e todo dia minha mãe inventava de sair pra algum lugar.
   Já que estou aqui, queria falar sobre dias que vou postar.
   Quarta e sexta eu não posto, pois tenho escola de manha e curso a tarde. Chego em casa exausta.
   Segunda geralmente é o dia em que escrevo os capítulos, então geralmente não posto.
   Terça e quinta eu tenho volei, mas consigo postar a noite.
   Finais de semana também são bons para postar. Então geralmente vou postar terças, talvez quintas, e finais de semana, blz???
    Ah... Feliz aniversário atrasado Faanyh!!!!!!!!!!!!!

5 comentários:

  1. POSTA LOOOOGOOOOo!o!o!o!oo!!ooo!Oo!o!o!o!O

    ResponderExcluir
  2. POR FAVOR POSTA LOGOOOOOOOOOO
    E FAZ O JOE TERMINAR LOGO COM ESSA VACA
    BJS FLOR

    ResponderExcluir
  3. L.O.V.E.D
    *o*
    To amando o clima entre jemi
    P+
    Bjonasemiley and Avril, stay strong like a skyscraper :*

    ResponderExcluir
  4. Awwn Luuuh, Kelly *----------------------*, obrigada *-*.
    Awwn Amei o capítulo como todos os outros, né u.u E ainda mais esse, é tão fofo Jemi u.u Hihi'
    Mas muito obrigada mesmo pelo capítulo dedicado, awn *----------------*
    E fiquei feliz por isso e pelo capítulo postado u.u Amo demais seus capítulos, a história toda... você sabe, não sabe? hihi
    AMEI DEMAIS *---------------------*. PERFEITO. ;D
    Posta logo ;)
    Beeijos diwas ~

    ResponderExcluir