quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Shadows - Capítulo 14


            -Lar doce lar?-Pergunta Lindsey torcendo o nariz.
            Voltamos para a mansão de Hannibal, nem eu nem Lindsey ficamos muito satisfeitas, mas felizes por deixar São Petersburgo, aquele lugar me marcou para sempre.
            O lugar me lembra a casa do papai noel, só que com bando de jovens vampiros, como eu já explique antes, a mansão tem várias salas, todas com sofás e lareiras, então...todas as lareiras estão acesas, as janelas e portas tem visgo pendurado (vez ou outra, algum garoto surpreendia uma garota com um beijo quando ela passava pela porta).
            Vou para o meu quarto, jogo minha mala na cama, Lindsey aparece pouco depois, me convidando para dar uma volta, ela me conta que o natal é uma das poucas coisas que se comemora aqui, então todos estavam animados.
            Já estava anoitecendo, todos se reuniram em uma das maiores salas, todas as luzes apagadas, a única fonte de luz era a lareira, todos estavam sentados no chão ou encostado nas paredes, com canecas com chocolate quente, Lindsey e eu nos encostamos em um canto.
            Em outro canto havia uma enorme árvore de natal enfeitada com pequenas luzinhas, na frente da lareira estavam um casal cantando uma música natalina, o garoto tinha os cabelos e a barba parcialmente compridos e uma voz grave mas gostosa de ouvir, a garota era loira, com lindos cachos que caiam por uma roupa púrpura, ela tinha uma voz forte e muito bela, mas eu reconheceria ela em qualquer lugar.
            -K...Kistie?-Sussuro.
            -Ahan!- Lindsey suspira- Ela força a voz para ficar rouca, mas parece que o namoro com Avi está mudando o coração dela, sem falar que ela pintou de novo o cabelo. Sério, do tanto que ela pinta o cabelo é capaz de ficar careca.

“Hark how the bells,
Sweet silver bells,
All seem to say,
Throw cares away”



            -Eu conheço essa música!-Digo- Carol of the bells! Minha mãe cantava para mim no natal, o único momento em que eu existia para ela!
            A canção termina e todos aplaudem, mas Avi pega um visgo de seu bolso e ergue acima da cabeça, entre ele e Kistie, ela fica corada quando ele se aproxima e a beija, os aplausos ficam mais intensos.
            Lindsey se encaminha para o palco com o violino em mãos, rapidamente o encaixa no pescoço e toca uma melodia lenta, lembrando uma música celta, mas ao mesmo tempo natalina.
            -Ela é bem talentosa!-Diz uma voz em meu ouvido.
            Ele está tão perto que posso sentir sua respiração em minha pele, meu coração dispara e meu estomago enche de borboletas, simplesmente sentindo o que é normal quando se está apaixonada.
            -Pensei que não ia vir.-Digo para Joe.
            -Eu só vim te chamar!-Diz ele- Hannibal convocou uma reunião para os participantes da missão.
            -Lindsey...
            -Ela não fez parte da missão oficialmente.
            Eu deixo ele me conduzir pelos corredores da mansão, eu fico mais nervosa a cada passo em direção aos corredores familiares, por fim paramos em frente à porta de madeira entalhada, Joe entra sem bater.
            Tremo inteira na visão daquela sala terrivelmente organizada e limpa, mas por um instante eu encaro o chão, tenho a impressão que ainda posso ver uma mancha no chão de madeira, uma mancha escura avermelhada.
            Hannibal está de pé perto da janela, observando a neve se acumular do lado de fora, ele veste um terno de lã de sempre, mas seus cabelos parecem um pouco desarrumado.
            -Podem se sentar.-Diz ele sem olhar para nós.
            Joe se senta, mas eu fico de pé atrás do sofá, é um pouco difícil com o sapato de salto alto que eu estou usando, eu estou de uma calça preta apertada e uma camiseta preta meio roxa folgada.
            -Estamos aqui para falar sobre a missão.-Esclarece Hannibal.
            -Mas..-Eu digo surpresa- Eu pensei que não tinha dado certo, por causa do..hum... problema com a Jessy...
            Joe abaixa a cabeça, depois que ela ‘morreu’, ele ficou arrasado, mas ficou ainda mais quando Hannibal a trouxe com vida, ela viajou conosco de volta para Intense Hill, mas não disse nada, depois que desembarcamos do carro ela simplesmente sumiu.
            -Pelo contrário.-Suspira Joe, levantando novamente a cabeça, sem me olhar- Nós a completamos com sucesso.
            -Quê?
            -Joseph não contou à vocês a missão completa.- Hannibal se vira para mim- Ele achou que seria melhor para o sucesso da missão.
            -E qual seria a tal missão afinal?-Eu pergunto cruzando os braços, propositalmente irritada.
            Hannibal indica o lugar no sofá ao lado de Joe, eu me sento, Hannibal se senta em outro sofá e me olha nos olhos, como se quisesse entrar em minha mente, odeio quando ele faz isso.
            -Vou lhe faze uma pergunta que devia ter feito antes! O que você sabe sobre vampiros? Quero dizer, o que você sabia antes de tudo isso?
            -Sabia que eles sugavam o sangue das pessoas, eu sabia que eles eram fortes, eles não podem andar no sol, que eram muito bonitos, ou muito feios, monstros...-Minha voz falha ao perceber que eu estava falando como se eu não fosse uma vampira também- E também tinham grandes hierarquias, grupos organizados ou coisa do tipo.
            -Exato!-Continua Lecter- A verdade é que temos um grupo organizado, onde existem filiais pelo mundo todo...
            -Incluindo São Petersburgo!-Eu adivinho.
            -Exato!- Diz Joe sem animo- Infelizmente não estamos muito bem diante nossos reis.
            -Joseph!- Repreende Hannibal- Eles não são nossos reis, é um Conselho que determina o melhor para nossa espécie. Mas ultimamente não estamos concordando com certas atitudes que eles tem tomado, então eles olham para nós com desprezo, nos últimos anos eles nos ignoraram e cortaram o nosso recebimento de sangue.
            -Recebimento de sangue?-Eu perguntou meio enjoada.
            -Depois eu te explico.-Sussurra Joe.
            -E a missão foi para chamar a atenção deles.-Conclui Hannibal- Eu suspeito que eles estão planejando algo e estão nos deixando de fora.
            -Você sabia?-Pergunto meio aborrecida- Que eu ia sentir aquela tontura e tal...
            -Sim!- Hannibal sempre sabe de tudo.
            -Então não teve nada a ver com aquela história que ela contou?-Eu pergunto confusa- Quero dizer, nós fomos lá então apenas para fazer aquela vampira saber que essa filial ainda existe?
            -Não exatamente. Demetria, tente entender que tudo tem um propósito.-Hannibal me olha de uma forma diferente, como se quisesse me dizer algo- Aquela jovem que encontraram na livraria em São Petersburgo era a guardiã dos registros da história de nossa espécie. A filial do Conselho, a principal filial, fica em São Petersburgo, Danielle é fiel ao conselho, ela achou importante reportar a sua visita e o que Demetria sentiu.
            -Se você convocou essa reunião...-Joe franze a testa.
            -È porque eles entraram em contato comigo!
            Um silêncio sinistro toma a sala, Joe murmura algo consigo mesmo em voz baixa, eu encaro o chão sem querer olhar para Hannibal, ficamos digerindo o que ouvimos até Hannibal colocar um envelope em meu colo.
            Ele se levanta, caminha até mim e se ajoelha ao meu lado, seus dedos quentes tocam meu rosto e me faz levantar a cabeça.
            -Não há nada de errado com você!-Diz ele baixinho- É apenas o seu destino! Percebe agora?
            Eu balanço a cabeça, ele se aproxima mais de mim, afasta meu cabelo do rosto e fala em meu ouvido:
            -Eu não lhe contei que aqui era uma filial! Eu não lhe contei que Danielle era uma vampira! Você está chegando em suas origens, sabe como reconhecer coisas do nosso mundo! Você nasceu para isso!
            Origens! Essa palavra ecoa em minha mente!
            Mas Hannibal tem razão (isso é tão estranho), eu consegui ver que Danielle era uma vampira, para mim estava tão óbvio que nem passou pela minha mente como eu sabia disso.
            Hannibal se afasta de mim com um sorriso maldoso, ele nos dispensa da sala e a reunião está encerrada.
            Eu e Joe caminhamos sem rumo pela mansão, eu guardo o envelope no bolso da calça, alguns adolescentes correm pelos corredores, os garotas tentando se vingar dos garotos jogando pequenas bolos de coloridas em suas cabeças.
            -Você quer vê-la?-Pergunta Joe com um olhar distante.
            -Claro!-Eu sei de quem ele está falando, ele não precisa explicar.
            Ele me leva até uma porta que eu não conheço, é em um lugar escuro e escondido, a porta leva para uma escada do porão, a lâmpada está queimada, mas conseguimos chegar no fim dela sem tropeçar muito.
            Não era bem um porão, estava mais para uma prisão, uma prisão bem moderna, haviam diversas portas seguindo por um corredor escuro e de cão batido, ao lado de cada porta havia um vidro grande, com aqueles de séries policiais das salas de interrogatório.
            Pelo que eu pude ver, todas as salas eram iguais, com um tipo de placas de metal branco revestindo todo o interior, os cantos estavam arredondados, a sala é bem clara e branca, mas um borrão está no meio da sala, uma garota com as mesmas roupas que usou em São Petersburgo.
            Aos pés de Jessy está seu cachecol, chamuscado nas pontas, seus cabelos soltam estática e suas mão estão envolvidas em raios dançantes.
            -Por que ela está aqui?-Eu pergunto.
            -Nós trazemos para cá quem não consegue se controlar ou controlar sua força.-Diz ele tristemente, eu fico pensando se ele já ficou aqui por algum tempo- Ela ficou um pouco perturbada quando voltou à vida.
            -Mas ela estava solta lá no Hotel e quando viajamos de volta.
            -Ela não é um animal! Não deve ficar enjaulada o tempo todo.
            -Ninguém deve ficar enjaulado.
            Em minha mente, “A canção do pássaro Aprisionado” ecoa, como no dia em que virei amiga de Lindsey.
            -O que Hannibal te entregou?-Pergunta Joe tentando não chorar.
            Eu pego o envelope e o abro, é um papel retangular, com flores marrons desenhadas suavemente, as letras levemente inclinada mostram a coisa mais horrível de todas (Pelo menos para mim naquele momento)
            -É um convite!-Eu suspiro- Hannibal vai dar um baile para o conselho na primavera.

------------------------

Heey galera, como vão? Notaram minha ausencia né kkkk Tipo, eu estive muito ocupada esses dias e talvez vou estar ainda nos próximos dias, mas acho que dou um jeito de postar outro capítulo, quando eu tiver um kkkk, Mas enfim, estão gostando da história? Espero quesim, porque eu estou AMANDO kkkk,
Beijos~

8 comentários:

  1. AAHHH AMEEI..
    Vc demorou mt sim, mas tudo bem..
    To anciosa.
    O Joe nao gosta dela?
    To ficando confusa kkk
    Posta logo
    XOXO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredite, eu tbm fico confusa as vezes kkk
      Vo postar assim que receber o capitulo kk

      Excluir
  2. Oi ... Só pra constar eu estou amando a fic. Perfeita .. Poste logo

    e sobre seu comentario no meu blog. Não me lembro se foi por twitter ou pelo blog ou qualquer outro meio mas eu lhe pedi pra postar a fic. E como sempre eu botei os créditos. Mas se ñ lembra bem.. Se quiser pode me dizer e eu retiro ela de lá. Fale comigo pelo twitter (@jobros_myproud) ou face (facebook.com/julianaaa.machado). aguardo.

    bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, ãoprecisa retirar. Eu só não lembro mesmo de ter pedido. Eu leio todos os comentarios e não lembro de alguem pedindo, de verdade.

      Excluir
  3. Hein vc podia me ajudar com o meu blog?
    E se você se sentiu ofendida com aquela postagem, desculpa, mas não era a minha intenção.
    Eu perdi muitos seguidores e quero eles de volta.
    me ajuda?
    http://amorquematajemi.blogspot.com.br/
    http://tudoqueeumaisqueroevoce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que postagem? (lovatic,lerda... sabe como é né)

      Excluir
  4. Se eu estou gostando? Eu estou AMANDO meu anjo!
    serio, essa fic é D+, ainda mais que envolve misterios e coisas sobrenaturais!
    AMO!!!
    Bjus, continua o mais rapido possivel, sim?!!!
    xoxo ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que está amando ^^
      Gosta de misterios e coisas sobrenaturais? Bom, eu to escrevendo um com mistério, mas coisas sobrenaturais não são o meu normal kkk Mas eu to realmente pensando em escrever uma.
      Vou continuar assim que receber o capítulo kkk,
      Beijos~

      Excluir